Quella Vecchia Locanda – Quella Vecchia Locanda (1972)

quella-vecchia-locanda-quella-vecchia-locanda-1972Originally published on 18.12.06 (New Progshine blog)

Quella Vecchia Locanda
1972
Help! / ZSLH 55091

Track listing:
1. Prologo 4:59
2. Un villaggio, un’illusione 3:54
3. Realtà 4:16
4. Immagini sfocate 2:59
5. Il cieco 4:11
6. Dialogo 3:41
7. Verso la locanda 5:15
8. Sogno, risveglio e… 5:16
Total length: 34:31

Review:

Itália, Roma, 1970. Tudo nos remete a essa visão quando pensamos em Quella Vecchia Locanda. Com uma combinação extrema tanto em qualidade, nuances de sons e também complexidade nos vários instrumentos usados pela banda. E pra variar mais uma banda italiana de vida curta e de poucos discos.

01. Prologo
Clássica, música clássica total! Interessantíssimo. violino solando muito, eu senti uma influência de Vivaldi no violino, o que deixa tudo ainda mais interessante. Os sintetizadores junto ao vocal também dão um outro toque. Uma incessante melodia quebrada até que…. nossa, um melodioso violão e o teclado fazendo ponte para o vocal ainda mais bonito. Na volta ao primeiro tema a flauta aparece para abrilhantar ainda mais o tema, Jethro Tull? Influência total.

02. Un Villaggio, Un’illsione
O que eu falei sobre o Vivaldi se confirma ainda mais aqui. Só que dessa vez misturado ao Rock (e bem pesado até!) Os vocais como não poderiam deixar de ser nas bandas italianas são muito bem cantados, a própria língua dá um sabor a mais em tudo. A segunda parte me lembrou algo que eu não sei bem explicar mas é muito boa, e voltamos a influência de Ian Anderson nas flautas, o que é ótimo (Jethro Tull).

03. Realta
O violão clássico renascentista é que toma voz no tema (junto com a flauta). O violino com wha wha ficou interessante e também o piano, em geral o som dos caras do Quella Vecchia Locanda é muito clássico.

04. Immagini Sfuocate
Essa já começa psicodélica, estranhos sons. Pra em seguida darem um show de Rock/Psico, com guitarras fuzz e bateria arrasando. Curta pra que emende em…

05. Il Cieco
Os vários vocais e o piano jazz dão o tom que segue em grande estilo. Na segunda parte duelo de violino e flauta, precisa mais?!? Teclados clássicos e várias flautas. Isso é extremamente bonito. E voltamos a segunda parte mais rock, e novamente pro Psicodélico.

06. Dialogo
Sintetizadores excelentes. Instrumental ainda melhor. Os vocais duplicados junto ao piano, estranhos moogs. De arrasar!

07. Verso La Locanda
Piano e violino, batidas de peso junto ao clássico, uma das primeiras bandas a fazerem isso. Os timbres de guitarra nessa música estão pesados para os padrões prog da época, dá todo um charme, baixo grave e bem marcado, Romualdo Coletta tem belas linhas nessa música.

08. Sogno, Risveglio E…
Essa daqui é piano clássico total, Massimo Roselli é digno de concerto. Ainda são adicionados a mistura o violino e a flauta, isso aqui é música clássica do começo ao fim! E alguém se importa? Claro que não, mas logo entram os bom vocais de Giorgio Giorgi (dono das flautas também)!

Este disco é quase de música clássica, instrumentistas maravilhosos e músicas idem. Quando o ouvi fiquei em dúvida que ele foi gravado em 1972, o acho muito ‘fresco’, com cara de novo! Excelente!

quella-vecchia-locanda-quella-vecchia-locanda-1972-full

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s