O Terço – Criaturas Da Noite (1975)

o-terco-criaturas-da-noite-frontOriginally published on 01.12.06 (New Progshine blog)

O Terço
Criaturas Da Noite
1975
Copacabana / 41.346

Track listing:
A1. Hey amigo 3:32
A2. Queimada 3:04
A3. Pano de fundo 3:44
A4. Ponto final 4:38
A5. Volte na próxima semana 2:59
B1. Criaturas da noite 3:41
B2. Jogo das pedras 3:25
B3. 1974 12:27
Total length: 37:30

Review:

01. Hey Amigo
Baixo destrutivo de Magrão no ínicio, o som típico do Prog 70’s, só que feito no Brasil. Lindo. As guitarras sensacionais, timbres de teclados e os vocais duplicados (prática comum do Progressivo brasileiro). A segunda parte mais Rok ‘n’ Roll é dançante até a medula. Estranhos timbres nos vocais são adicionados ao fim do refrão e então Hinds nos presenteia com um solo maravilhoso com a sua guitarra SG pra que tudo acabe lindamente

02. Queimada
O lado folk do grupo aparece pela primeira vez, os vocais duplicados dão um tom de fogueira e violão. Violas e violões tomam conta de tudo como somente quem entende das coisas faz. Solos folks e vocais cantando sobre a liberdade da poeira ao vento. Precisa mais?

03. Pano De Fundo
Com um Q de Black Sabbath (no sentido tenebroso), começa com um riff estranho e um órgão dando um tom estranho, mas os vocais chegam pra dar uma cara totalmente diferente, no que segue o refrão dando alegria a canção, pra que voltemos a estaca zero (adoro essas inconstâncias.) Em seguida Santana na veia, o solo de Hinds é altamente influênciável, junto claro, da base rítmica da canção, a parte final é um barato.

04. Ponto Final
Linda estrutura de piano, que vai sendo construída junto aos vocais (o que falta no rock atual é se concentrar mais nos vocais como se fazia antes, a coisa dos corais), o sintetizador casado perfeitamente com o quase solo do baixo, a bateria constante e maravilhosamente bem trabalhada e as bases cadenciadas (e por vezes distorcidas) dão o toque nesse instrumental de primeira grandeza. A última parte e aquele piano clássico e os timbres a seguir é Locanda Delle Fate (banda italiana de prog sinfônico) na última, sensívelmente lindo.

05. Volte Na Próxima Semana
Esta daqui é ROCK meu amigo, riff, toneladas deles, órgãos, baixo e bateria tocando juntos, e Sergio Hinds cantando um anúncio hippie e nonsense (mas maravilhoso) altamente Hard Rock, na verdade a mais pesada do disco. Escute no volume máximo.

06. Criaturas Da Noite
Se O Terço pode ‘pegar emprestado’ o nome do seu próximo disco (Casa Encantada – 1976) de Houses Of The Holy do Led Zeppelin, o Kiss também o fez em seu Creatures Of The Night (1982)! Criaturas Da Noite é uma das coisas mais belas do nosso rock. Vocais sobre o piano de Venturini, e as orquestrações do GRANDE Rogerio Duprat (morto a pouco mais de um mês). É puramente bela, com uma letra linda, digna de ser estudada e… ah quer saber, só ouça e sinta, você não precisa mais do que isso.

07. Jogo Das Pedras
Ah, como eu amo essa música, ela tem uma melodia que eu tento tirar no violão (risos), baixo marcando. O pessoal cantando (todos eles por sinal) sobre as incertezas da vida, será que você pode jogar uma pedra ao alto sem que ela te acerte? É possível, ou não, o destino (ou qualquer coisa que o valha, não sei bem se acredito nisso) nos dá um caminho ou então tomemos ele em nossas mãos. Logo em seguida um solo grandioso de guitarra, Sérgio é um dos grandes da 6 cordas que teimamos em esquecer.

08. 1974
Isso aqui é clássico baby. Isso aqui é sentimento e progressivo sinfônico, numa época que não era nada demais compor e gravar um som de mais de 12 minutos instrumental e …. lindo, que desperta muitos sentimentos de uma única vez, você não costuma perder 5 minutos com a geladeira aberta pensando na vida? Então, perca um pouco mais de 10 pensando na vida ao som da trilha sonora do século… 1974! (Mesmo depois de 32 anos. A música é atemporal, você conhece outra coisa que também o seja?) Desafio os senhores(as) a me contradizer, pois pra mim bate de frente cm quelquer som gringo!
Criaturas da noite! Comprei o CD numa das reedições feita pela EMI, muito bacana, som remasterizado de 1ª capinha bem feita (senti falta das letras, mas…) e paguei a bagatela de $15! Como o mercado fonográfico do Brasil é mesquinho! Porque eu vou comprar o disco novo do U2 (que eu amo, não me levem a mal) por $35, se eu posso ter O Terço em casa por menos da metade do preço??!!! Brasil sem sentido esse que vivemos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s